(11) 3138-9939

Cadastre-se

Categorias

Postado por: admin
  • Tamanho da fonte:
  • A
  • A

O ser humano é composto pela parte física e mental. Contudo, as pessoas sofrem e muito com problemas como depressão, ansiedade e síndrome do pânico e outros. Uma empresa que pensa na saúde mental dos seus funcionários, valoriza os seus profissionais, porque eles se sentem amparados.

Saúde mental consiste em estar bem consigo mesmo e com os outros e isso fica evidenciado por meio da aceitação e de como a pessoa lida e administra as mais diferentes situações que envolvem o seu cotidiano.

Quais são as principais causas dos problemas de saúde mental?

Excesso de trabalho, limitação de tempo, exigências contraditórias, falta de clareza a respeito da função a ser desempenha, falta ou comunicação sem clareza e mudança organizacional executada sem clareza são algumas das principais causas.

Apesar desses problemas, a ansiedade e o estresse são os problemas que mais causam doenças psicológicas. Elas aparecem no meio organizacional porque muitas vezes a empresa não desenvolve trabalhos de prevenção.

A aposta em um programa de prevenção é fundamental para que os colaboradores consigam ter um relacionamento entre eles e, ainda, mantê-los engajados. Além disso, é eficaz apostar em programas e palestras que abordem temas de medicina preventiva sobre temas que envolvam a saúde mental.

Todos os funcionários devem participar, pois eles terão acesso a novos conceitos como o biofeedback, que consiste em demonstrar aos seus funcionários que eles podem ter mais controle do corpo, por meio de um monitoramento de suas reações diante de situações cotidianas.

Quem lê esse texto pode achar que estamos falando de uma realidade muito distante, mas isso já está presente em muitas empresas.

A aposta no biofeedback faz com que os seus profissionais tenham uma melhor qualidade de vida, pois temas como ansiedade, estresse e transtornos mentais são tratados. A participação de todos deve ser estimulada, porque isso vai impedir que os profissionais fiquem isoladas e que deem combustível para uma dor silenciosa que pode consumi-la com o passar do tempo.

Que temas devem ser tratados nesses encontros?

Tratar sobre alimentação saudável, consumo de cigarro ou bebidas alcoólicas de forma excessiva são algumas das temáticas que merecem atenção, mas não só essas. O incentivo a prática de atividades físicas e a reeducação alimentar também devem ser abordados.

Assim como as temáticas, é fundamental que sua empresa estimule os diálogos entre todos os setores da empresa, por meio de um canal aberto. Essa medida que parece simples serve para deixar os profissionais não só mais leves como também melhoram as relações profissionais que podem ser tumultuadas.

As ações preventivas impactam positivamente todas as áreas, ou seja, desde o empregador passando pela equipe, líderes e gestores. Para os gestores, líderes e empregadores, a ação se faz necessária, porque eles serão capazes de desenvolver meios para que o ritmo de trabalho acelerado seja controlado.

Metas serão ressignificadas

As metas? Sim, elas vão continuar existindo, mas serão impostas de uma maneira que todos consigam atingir dentro de um tempo próprio para isso e não de forma impensada baseada apenas no lucro pelo lucro.

Por isso, além das palestras e ações, os momentos de descontração entre os membros dos departamentos setores se faz mais do que necessário bem como a realização de ginasticas laborais e as tão debatidas pausas. É importante pensar ainda em mudança que impactem na estrutura do ambiente.

Todas as pessoas estão sujeitas a passarem por turbulências na vida profissional. A pergunta é: quem nunca passou, não é mesmo? Como sabemos que isso vai acontecer em algum momento, é fundamental que os programas de prevenção e os diálogos já estejam acontecendo em sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar com a Setor Benefícios
Fechar