(11) 3138-9939

Cadastre-se

Categorias

Postado por: admin
  • Tamanho da fonte:
  • A
  • A

Anualmente, o Ministério da Saúde realiza duas campanhas de vacinação em parceria com as Secretarias de Saúde dos estados, municípios e do Distrito Federal. As campanhas da gripe são realizadas sempre no primeiro semestre, pois é esse período que antecede a época mais fria do ano.

Além disso, sempre a cada quatro anos, as crianças que têm menos de cinco anos de idade também passam a ser público-alvo de uma campanha que objetiva vaciná-las contra o sarampo.

Sendo assim, o Brasil tem anualmente: a campanha nacional de vacinação contra a Influenza (Gripe); campanha de multivacinação para atualização da caderneta de vacinação e campanha de seguimento contra sarampo.

Os grupos prioritários precisam tomar a vacina o quanto antes, pois é a vacina que vai impedir que complicações oriundas do vírus da Influenza apareçam, mas quais são os grupos prioritários?

Conheça os grupos prioritários na vacinação contra a Influenza

Em primeiro lugar, aparecem os indivíduos que tem mais de 60 anos. A segunda etapa, prioriza os profissionais que atuam na saúde.

A terceira etapa da vacinação é destinada a pessoas com deficiência, crianças que tem entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, professores e pessoas que tem entre 55 e 59 anos.

A meta de vacinação para esses grupos também é de 90%, porém muitos ainda resistem a vacina, porque acham que ela dá muitos efeitos colaterais o que não é verdade. Sendo assim, é fundamental tomar a vacina, pois ela reduz tanto as complicações como os óbitos causados pela Influenza.

Contudo, existe ainda um calendário nacional de vacinação que deve ser seguido rigorosamente a fim de evitar que as doenças que já estavam erradicadas no Brasil voltem a aparecer.

Vacina contra o sarampo é gratuita e pode ser tomada em qualquer época do ano

O sarampo também é uma doença que tem vacina e as pessoas precisam procurar as unidades básicas de saúde dos munícipios para serem imunizados. A doença que tem alta transmissibilidade só pode ser combatida com a aplicação da vacina. A transmissão da doença ocorre por meio das vias aéreas ao espirrar, tossir, falar ou respirar.

O sarampo é uma doença que não exige que a pessoa que contraiu tenha contato com outra infectada, porque o vírus tem o poder de se disseminar pelo ar a metros de distância. As crianças são o público mais suscetível a doença

Desde o ano passado, em razão do aparecimento de novos casos da doença no Brasil, o Ministério da Saúde passou a aplicar a dose zero. Essa dose é aplicada em crianças de seis meses até menores de um ano.

A vacina é gratuita e está disponível em qualquer um dos postos de saúde dos municípios durante todo o ano.

Além das campanhas que ocorrem anualmente, a caderneta de vacinação precisa sempre estar em dia, pois esse é o meio mais eficaz de prevenir todas as doenças.

Crianças precisam tomar vacina nas datas corretas

Ainda no hospital, as crianças são vacinadas. Contudo, nem todas as vacinas são aplicadas no hospital, porque cada uma tem uma data correta. Dias após deixar o hospital, o bebê precisa ser levado ao posto de saúde, pois ele vai tomar a famosa BCG, vacina que deixa a marquinha no braço.

Conforme o tempo vai passando, com dois, três, quatro, cinco, seis, nove, doze e quinze meses novamente a criança precisará tomar umas picadinhas, pois só assim elas estarão imunes a uma infinidade de doenças.

É fundamental tomar todas as vacinas nas datas corretas, pois elas asseguram o bem estar de todas as pessoas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar com a Setor Benefícios
Fechar