(11) 3138-9939

Cadastre-se

Categorias

Postado por: admin
  • Tamanho da fonte:
  • A
  • A

Qualquer pessoa, em qualquer idade pode sofrer com os problemas ocasionados por transtornos mentais. Essas disfunções que afetam a forma como a mente funciona podem ser causadas por alterações complexas que ocorrem no sistema nervoso central.

A ansiedade, a depressão, a alimentação, movimentos e/ou personalidade são alguns dos transtornos mentais mais comuns.

Uma entre quatro pessoas que procuram ajuda médica sofre com a ansiedade

A ansiedade é um problema que afeta uma entre quatro pessoas que procuram ajuda médica. Tensão, medo, mau pressentimento e/ou desconforto são alguns dos sintomas mais comuns.

Normalmente, esses sentimentos que são extremamente desagradáveis são motivados por algo desconhecimento ou porque essas pessoas estão antecipando algum perigo.

Ansiedade generalizada, síndrome do pânico e fobias são as formas mais comuns de ansiedade

A síndrome do pânico, a ansiedade generalizada e as fobias são as formas mais comuns da ansiedade. A pessoa que sofre com esse tipo de situação tem sua vida social e emocional muito afetada, porque ela sofre com formigamentos, calafrios, sensação de sufocamento, tremores e falta de ar.

Com tudo isso, a pessoa pode a desenvolver vícios por medicamentos, álcool ou mesmo ter depressão. A melhor maneira de tratar esse problema é fazendo psicoterapia com um psicólogo e, ainda, contar com a ajuda de um psiquiatra. Em alguns casos, o médico poderá prescrever medicamentos.

A pessoa precisa fazer atividade física e atividades de lazer, pois elas ajudam a melhorar os sintomas.

Depressão afetará pelo menos 15% das pessoas em algum momento da vida

A depressão também é um problema que afeta muita gente e pelo menos 15% dos seres humanos apresentarão um quadro depressivo em algum momento da vida.

A definição de depressão consiste em um estado de humor deprimido que perdura por mais de duas semanas e que traz consigo perda do interesse, prazer e uma tristeza contínua.

Além desse quadro, a pessoa pode ainda ficar mais irritada, emagrecer, ganhar peso, dormir de mais ou de menos, não ter energia e nem conseguir se concentrar.

Diante de um quadro como esse, o indicado é a busca por um psiquiatra, pois ele dará a indicação de como o tratamento deve ser realizado. A forma mais comum de tratamento consiste na junção do uso de medicamentos prescritos pelo médico mais a realização de terapias.

Bulimia a anorexia são os transtornos alimentares mais comuns

Os transtornos alimentares também são mais comuns do que se imagina. Eles são divididos em dois sendo: anorexia nervosa e a bulimia. No caso da anorexia, a pessoa para perder peso de forma intencional, porque tem medo de engordar e tem sua imagem distorcida.

Já no caso da bulimia, a pessoa come quantidades altas, mas depois busca eliminar tudo o que foi ingerido por meio da indução ao vômito, exercícios físicos intensos, uso de laxantes e/ou jejum longo.

Os jovens é que costumam apresentar com maior frequência esses dois tipos de transtornos, porque a cultura atual preza muito pela valorização estética. A bulimia e a anorexia são os transtornos mais comuns, porém há ainda problemas como a Ortorexia que consiste em comer de forma excessiva apenas alimentos saudáveis e a Vigorexia que é a ânsia por ter um corpo musculoso.

O tratamento não é simples, porque não tem o que fazer para curar os transtornos alimentares. A pessoa que apresenta algum desses problemas precisará contar com apoio nutricional, de psicólogo e psiquiatra.

O uso de medicação só é empregado quando a pessoa tem mais uma doença associada e que pode ser a depressão ou a ansiedade. Formas de complementar o tratamento e que dão bons resultados são os grupos de apoio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar com a Setor Benefícios
Fechar